sábado, 29 de setembro de 2012

Retalhos urbanos

Nesses dias tenho pensado muito em Porto Alegre, mais precisamente em passar Natal e Ano Novo com meus parentes de lá. Rever amigos. 
Comecei a elucubrar: que cidades fazem parte  da minha colcha existencial? 
Rio de Janeiro desde sempre, mi patria chica, meu amor, minha paixão. Não sou uma carioca convencional: não gosto do verão, nem de praia. Amo o Rio no outono e no inverno. Pra mim, a cara do Rio é esta canção do Ed Motta e do Ronaldo Bastos:


E Brasília! Como amo essa cidade! A cara de Brasília, nos anos 70/80 -  Leo Jaime canta, do Renato Matos , Um telefone é muito pouco:


Depois vem Madri, onde fui estudante, numa época de coração transbordante de amor - de Joaquín Sabina - Pongamos que hablo de Madrid:


Paris, com meu poeta Charles Trenet (eterno):


E agora, bateu uma saudade de Porto Alegre, bah! Kleiton e Kledir - Deu pra ti:


Há outras cidades: Lisboa; San Diego; uma vontade incrível de voltar a Óbidos, não a do Pará, a de Portugal; Guimarães, Ávila ... Todas fazem parte da minha vida, sempre com muita alegria.
Esta foto, em San Diego, é a marca de um dos dias mais felizes da minha vida - a mãozinha gostosa no pescoço (tem coisa mais gostosa que abraço de neta?)


Será que estou nostálgica? O que é nostalgia? É saudade? Mas, no meu caso, uma saudade muito boa, de lugares lindos, de momentos deliciosos com a família, com os amigos. Porque ficar triste é para os fracos!!!
(por Cecilia, em noite elucubrativa de sábado - final de setembro)

5 comentários:

Ruby Fernandes disse...

Cecília minha querida, já te falei uma vez e repito: adoro o jeito que você escreve, é aconchego puro, você é uma escritora nata!
Bjos da também nostalgica Ruby.
(início de tarde do último domingo de setembro/2012)

simone arrais disse...

Adorei a ideia do post... Qualquer dia vou me por a pensar sobre as minhas cidades, e sobre as que estão por vir... Adorei encerrar meu domingo lendo você! Bjs!

sara aires disse...

De todos esses retalhos da tua vida, tenho um em comum: Óbidos. É linda e também me encanta sempre voltar... os outros estão nos meus planos, não sei quando, mas um dia hei-de visitar. Beijinho querida Helena!

Patricia Fernanda disse...

Cecilia,
Teus roteiros são maravilhosos! Infelizmente não contemplei todos, mas por livros e a maravilhosa internet posso 'sonhar'. Gosto muito dos teus escritos... Me faz pensar mais um pouquinho!
Abraços

30anoseumblogue disse...

Está a ficar lindíssimo :)