quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Minha mantinha de crochê

Estou de volta para o meu aconchego do Rio, no meu querido Bairro Peixoto. Friozinho gostoso, com solzinho tímido pela manhã. Fico me lembrando da mantinha de crochê, em ponto zigzag, que deixei em Brasília. Pensei em fazer uma pra cá também. Mas já me envolvi em alguns projetos - a volta ao meu grupo de cultura sefaradi , o Angeles y Malahines; a continuação das sessões de fisioterapia, por causa da lesão do menisco (e nem assistir a jogos de futebol eu assisto!!!); aulas de bordado - sempre é bom fazer uma reciclagem ... Vamos deixar a ideia da manta em paz. Vamos bordar.
A manta é esta:

Sempre tive vontade de fazer uma dessas mantas. Quando a vi num dos episódios de Mad Men, minha vontade voltou com força.


Procurei receitas na internet (no google, coloquei "ponto zigzag em crochê"); juntei meus novelos de lã e mandei ver.
A Helena também me falou que aparecia na série The Middle:



Para terminar, uma palavrinha sobre o grupo Angeles y Malahines de Cultura Sefaradi. O grupo tem por objetivo manter as tradições dos judeus expulsos em 1492 da Espanha, e, em 1497, de Portugal, por meio de canções. "Angeles y Malahines" é uma bênção (bendicho, em ladino) que se diz às pessoas que vão fazer uma viagem ou iniciar uma empreitada. O nome mostra a origem da língua falada por essa etnia: do latim (angeles) e do hebraico (malahines). As duas palavras querem dizer a mesma coisa - anjos, mensageiros). Que os anjos protejam os nossos caminhos!
(por Cecilia)

2 comentários:

Gigi disse...

adorei...muito linda

Nina Dias disse...

Estou retomando a colcha que estou fazendo pra minha filha em ripple...estava parada há 2 anos...com este frio , voltei a crochetar!
bjs Nina