sexta-feira, 11 de junho de 2010

A culpa é da Laély


 Na mais recente postagem da Laély, no seu Sala da Lá, ela diz o seguinte:
"Não deu pra me aprofundar na etimologia da palavra gentileza (e alguma professora de gramática poderia até nos fazer a gentileza de explicar). Faltou a teoria, mas tive muitas aulas práticas, durante a última semana. Cheguei a uma conclusão e, mesmo que a etimologia não o confirme: o que está no centro da palavra em questão é gente!"
É Laély, você tem razão. Embora eu diga que a culpa é sua, só tenho de agradecer a você por  me possibilitar mais uma elucubração (quem me conhece sabe que eu adoro elucubrar). Só para esclarecer: assim como a Medicina tem suas diversas especialidades, a Gramática também tem as suas. A parte da Gramática que se dedica ao estudo etimológico e aos diversos significados das palavras é a Lexicologia, ou seja, o estudo das palavras de um determinado idioma, de acordo com seus elementos de formação. Nossa!Tá muito professoral, né? Mas... quéquieu posso fazer?
Então, vamos ao que interessa:
Gentil vem do latim gentilem, que significa 'pertencente a uma família' ( de gens, todos aqueles que descendem de um ancestral comum - quem quiser saber mais, clica aqui). Em seguida, por extensão, passa a significar 'de boa família', 'de boa origem'. Assim, o adjetivo gentil conserva seu sentido etimológico, que é o de 'bom nascimento'. Essa noção de elite, de aristocracia, pode ser aplicada ao domínio moral - nobre de sentimentos, por seu comportamento - e  também ao domínio das relações humanas - delicado, amigável.
Então,o substantivo  gentileza, derivado do adjetivo gentil,  corresponde a uma ação que indica urbanidade, cortesia, amabilidade, delicadeza ...
Ai, vou parar por aqui, porque tem muito mais, muito mais. Só um pouco mais - a raiz -gen- dá origem a muitíssimas outras palavras, que, em geral, têm a ver com "nascimento".
Existe outra utilização do vocábulo gentil, mas como substantivo, significando os pagãos, os que não eram cristãos, e, antes, os não-judeus. E por aí vai ...
A palavra gentileza nos faz sempre lembrar o Profeta Gentileza , autor da frase "Gentileza gera Gentileza". E Cícero, grande orador romano, já dizia que "gentileza recebe-se com gentileza".
Algumas frases que encontrei na Web (sem indicação de autor):
A gentileza é a nobreza da inteligência.
A gentileza é a linguagem que um surdo pode ouvir e que um cego pode ver.
Posso me defender da maldade, mas não posso me defender da gentileza.

Sabem o que eu acho? Que gentileza é um ato de amor. E querem saber? A postagem da Laély está um primor de amor ao próximo!
 (por Cecilia)

8 comentários:

Manuela disse...

Poxa Cecilia, a Laélyé d+ mesmo né!
Adorei o desenrolar da coisa.
Qd estudava eu adorava pesquisar a origem das palavras, era das melhores em lingua portuguesa.
Hj não me mande separar as silabas de uma palavra, rsrsrsrss. Esqueci tudinho!
Grande Profeta Gentileza, disseminou a bondade no meio de tanto caos.
Bjs

Laély disse...

Querida, obrigada pela gentileza da sua elucubração elucidadativa. rsrs Além da gentileza da referência, sempre tão prestigiosa!
Apenas faço uma observação, em relação ao termo usado na Bíblia para designar o não-judeu, ou "pagão": Paulo o chama de "gentio", diferente de "gentil". Mas não sei ao certo, se têm a mesma origem.
Como exemplo, pode dar uma olhadinha em Romanos 2:14.
Não sei muito sobre o profeta Gentileza, mas ele apresentava sinais claros de esquizofrenia.
A questão, é: será que precisaríamos ser meio malucos, pra praticar a gentileza sincera?!...
Retribuindo a gentileza, vou anexar um link no meu post, para o seu, ok?
Abraço!

Cecilia e Helena disse...

Sim, Laély, é a mesma origem. Passou a ser grafado gentio a partir do séc. XIV. Camões também usa o termo em Os Lusíadas.
Um abraço da Cecilia.

Cris Rosa disse...

Gente! Quanto troca de gentilezas! rsrsrsrs adorei ficar sabebdo mais sobre uma palavra tão bonita!
Bjkas

Laély disse...

Ô, Cecília, perdão pela gafe, mas vocês e a Helena ainda se fundem numa só pessoa, na minha cabeça, quando escrevem no blog. Preciso prestar mais atenção.
Agora que atentei: quem gosta de elucubrações é você. rsrs
Já consertei e dei os devidos créditos.

Lenita Vidal Porcelanas disse...

Olá Cecília
ADORO passear por aqui, já falei isso?!

Tem um selinho no meu blog, passa lá.
Beijos e um final de semana bem colorido pra você.
Lenita Vidal

rosana sperotto disse...

Cecília, como comentei com a Laély: a menina mal-educada do ônibus jamais imaginaria que sua insensibilidade promoveria uma "corrente do bem" a favor da gentileza. Adorei conhecer as raízes do termo. Grande e gentil abraço, querida

Janaina disse...

Olá Cecília. Primeiramente quero agradecer pelas gentis palavras no meu blog. E em segundo lugar agradecer por explicar o origem da palavra gentileza, que a maioria das pessoas pratica e nem sequer sabe a origem desta palavra.
Beijos.
Janaina