sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Elucubrando: alfinetes, almofadas, pedacinhos ...

Que capacidade maravilhosa é essa que as palavras têm de nos levar a caminhos e por caminhos tão distantes e diferentes? Outro dia, a Helena me trouxe uns pedacinhos de linho e me disse: "Mom, morro de pena de jogar fora estes pedacinhos de linho. Não dá pra fazer alguma coisa?" Bom, pedacinho de pano? Deixa comigo! Pensei em fazer um penduricalho de tesoura (scissor fob), mas queria algo mais trabalhadinho, misturar com outros tecidos, sei lá ... Assim, sem mais nem menos, me veio à mente a palavra alfinete, que me levou a alfineteiro, que me levou a pincushion, que me levou ao Pinterest. Joguei lá no Google: pincushion Pinterest. Quanta coisinha lindinha! Quanta coisa criativa! E fui fazendo as minhas misturinhas, baseada no que fui encontrando. 
Encontrei o risco do vestidinho bordado (são vários vestidinhos, numa mesma folha) e fiquei encantada. Felizmente, constava o nome da criadora - Yasmine Surovec - e do blog: A print a day. Yasmine é uma designer e ilustradora russa. Para conhecer mais seu trabalho: aqui, aqui e no Flickr.
Para o outro alfineteiro, com ponto de cruz, aproveitei um pedacinho de etamine que estava rolando no meio dos retalhinhos. Tenho esse esquema (grille), há muito tempo (não é desenho meu).


Olha lá outro vestidinho da Yasmine Surovec. Os outros riscos são de um livro da biblioteca da Helena, de uma designer norte-americana - Jenny Hart -,  Embroidered effects.
E as elucubrações? Enquanto ia escolhendo os tecidinhos, os riscos, os botõezinhos, etc.etc., ia pensando que "alfinete" é uma palavra que vem do árabe, "almofada" também; que, em geral, as palavras começadas por al- são de origem árabe, mas que outras palavras que não começam por al- também vêm do árabe, porque umas letras no alfabeto árabe são lunares, outras solares, e porque acho lindo isso de lunar e solar, patati-patatá. Gente, pirei geral. E que em espanhol é "alfiler" e "almohada". Aí que, às vezes, o f latino permaneceu em português, mas deu h em espanhol: almofada = almohada, e por aí vai. Ai, cansei. E que a palavra "pedaço" vem do latim pitaccium, que deu "pedazo" em espanhol; que, em geral, um ç corresponde a um z em espanhol ... E deixo um abraço/abrazo pra todo mundo. E que tudo é mesmo uma questão de Sintaxe, como já falei aqui - Elucubrações sintáticas - e aqui - Os trabalhos manuais e o ato de escrever .
Meu chorinho preferido (não podia deixar de ser) - Pedacinhos do céu - com o autor, Waldir Azevedo:


(por Cecilia, num momento de piração total)

9 comentários:

Rosana Sperotto disse...

Mestra em emendar retalhinhos e desmembrar palavras, isso tudo me encanta e toca num pedacinho especial da minha alma. Beijão!

simone arrais disse...

Cecília, emendar tecidos é meio como emendar palavras em busca da harmonia, não? Aprendo sempre com você e isso me faz feliz. Qualquer dia desses quero te dar um abraço. Bjs!

Andréa disse...

Letras lunares e solares? Que saudade das minhas aulas de árabe com a provessora Aida Ramezá Hanania! Lá se vão 20 anos...

Ana Matusita disse...

Eu fico tão encantada com a forma como você junta as palavras quanto com o jeito como você une os tecidos!
Uma singeleza só!
bj,
Ana

Marilia Baunilha e Patch disse...

Que trabalhos lindos e perfeitos! E que texto!

Beijos,

Eneida

Retalhos da Lu disse...

Amo suas elucubrações tanto quanto seus delicados trabalhos. Bjs.

Drika Sanz disse...

Lindos trabalhos em combinações perfeitas. Parabéns!!!

Toca do trico e croche disse...

Querida !!!
Você me encanta... sempre com seus maravilhosos textos e trabalhos sempre impecáveis !
A gente fica com vontade de ficar por aqui...

Forte abraço !

Sonia Faria

Janaina disse...

Adoro seus trabalhos e seus textos.
Alquimia perfeita de palavras, tecidos, linhas, bordados singelos, tudo que aquece o coração!

Um abraço de uma grande fã.

Bom domingo!