quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Sobre como nossos filhos se tornam independentes, ou: um vestido novo para a Lolô

Há dois dias, quando a minha Lolô saiu da escola contando que uma das melhores amigas tinha ido para casa mais cedo por conta de um mal estar, pensei comigo mesma: “já, já teremos dodói em casa”. Não deu outra: antes das seis horas da manhã de ontem, escutei tosses e passinhos pelo trajeto que liga o quarto dela ao escritório (de onde ela acessa os club penguins e pandandas de que tanto gosta). Fiquei na minha e não me levantei, por dois motivos: (1) ainda estava sonolenta, confesso, e (2) gosto quando ela se levanta sozinha e demonstra independência, seja preparando seu próprio chá, seja abrindo um livrinho para ler ou ligando o computador para brincar enquanto espera dar a hora de se arrumar para ir para a escola. Pois nesse dia ela se superou. Quando me levantei, ela já estava no computador, porém sem o uniforme. Disparou: “Mamãe, hoje eu vou para a escola?”. Como eu já tinha escutado as tosses, respondi: “Acho que não... vai depender da sua temperatura. Vou ali pegar o termômetro e...”. “Mamãe, eu já tirei a minha temperatura. Da primeira vez em que eu acordei, de madrugada, deu 37.4. Agora de manhã deu 36.9”. Respirei fundo. Com a maior cara de paisagem, evitando demonstrar surpresa com a iniciativa dela, eu disse: “É, se está com febre, não pode ir à escola. Hoje você fica em casa descansando”. Ainda assim, quis ir à tarde para fazer uma prova (a escola é em tempo integral). Foi, mas hoje ficou em casa. A febre piorou bastante, chegando a mais de 39 graus. 


Contei a história toda porque esse lance do termômetro me faz pensar que, daqui a pouco, minha garotinha, quase uma mocinha, nem vai mais ligar pros meus vestidinhos feitos à mão. Ou vai? O futuro é um mistério....... Diz ela que vai ser estilista. Vamos ver!

Olha aí o lindão, pronto, finalmente! (Clique aqui para ver o projeto em andamento)

Vestido infantil
Estampa linda do Alexander Henry, Apples and Pears. 
'Paxonei' nas tais pregas macho!

Vestido infantil
Detalhe do acabamento. Tudo tão minúsculo! 
Para um próximo post, prometo uma foto com a 'modelo', que, no momento, ainda se encontra acamada.
(por Helena)

13 comentários:

Simone Arrais disse...

Ah, Helena, todo dia tomo um susto com os meus pequenos... são pequenas feridinhas narcísicas naquele meu projeto de ter bebês prá sempre... lol Vamos descobrindo, no entanto, outras belezuras, não é? O vestido ficou realmente lindo. Parabéns!

✿ chica disse...

É interessante e especial ver nossos filhos crescendo e ganhando o mundinho deles. Lindo vestido...

O tempo voa mesmo!!! beijos,chica

Nathalia disse...

Ai Helena, quanta iniciativa tem essa menininha! Muito fofucha.

O vestidinho ficou uma coisa de tão lindo, não vejo a hora de vê-lo já na modelo mirim.

Beijo!

Andréa disse...

Oi, Helena.
O vestido ficou lindo! Melhoras para a Heloísa.
Um beijo,
Andréa.

Gislene Ellery disse...

Nossa! Mas está uma moça mesmo! É muito legal acompanhar o crescimento e a independência deles, né? Por isso procuro curtir cada fase da pequena Melissa... Apesar de apenas 5 meses, percebemos o quanto nossa sobrinha cresceu. :-)
O vestido ficou lindo! E eu também gosto muito das pregas macho!
Beijos!

Ana disse...

Eu não tenho dúvidas de que ela vai continuar amando seus quilts, porque eles são eternos, lembra?
E além do mais, além de filha de peixe, ela é neta de peixe. A dose é dupla. Adorei o vestidinho, pena que não tenho meninas, só meninos. Bjus carinhosos e melhoras para a filhinha

Giovanna Patchwork disse...

Melhoras para Lolô, e parabéns pela filha independente que estás criando, achei um amoooor!!
E este vestido está um show, ela vai ficar ainda mais lindinha com ele.]
Bjs Helena

Cecilia e Helena disse...

Meninas, pois é, cada dia é uma surpresa... minha fofinha está cada dia mais independente. Agradeço os comentários calorosos de vcs! Amei fazer cada etapa desse vestido. Tomara que venham outros!
Beijos,
Helena

Lolô disse...

Oi, Helena!
Primeira vez por aqui, e pode ter certeza, que a última está bem longe de surgir! Eu amei tudo por aqui! Esse vestido é lindo, e todas as outras coisinhas também.
Também sou Lolô, como sua filha, e nos meus sonhos, quando tiver uma menina, também se chamará Helena.
Parabéns pelos lindos trabalhos, seus e da sua mãe Cecília (de lindo nome também!)

A Casca da Cigarra disse...

Helena, que lindo post...é lugar comum mas elas crescem muito rápido mesmo. Eu estou aqui vivendo a experiência de consolar uma filha que teve seu coração partido pela primeira vez...é de cortar o coração da gente, mas crescer é isso, e que ao menos elas se lembrem de vestidos lindos, chazinhos e do nosso colo, não é? Beijão!

Vânia Pinho disse...

Oi meninas...pena que eles crescem....mais bom que se tornem independentes!!!
Que vestidinho lindoooo!!!!Que capricho!!!PARABÉNS!
passa lá no blog para conhecer um pouco mais sobre mim http://casadebonecadecor.blogspot.com/2011/09/recebi-o-convite-e-prontoaceitei.html espero vocês!

bjux e ótimo fim de semana

Vânia PINHO

Aline Marques disse...

Olá Helena !!!

Eu não sei quantos anos tem sua filha, não tive tempo de fuçar no blog e tentar achar...hihi

Mas meu filho mais velho, o Gustavo, me deixa assustada com a independência dele, ao mesmo tempo me deixa tranquila em saber da autonomia que tem.

Mas como digo pra ele, eu posso ter 100 anos e ele terá 75, ainda sim será meu bebê e gosto de mimar de vez em quando meu bebê.

Ah, o vestido ficou lindo. PARABÉNS !!! O capricho é essencial.

Beijinho, mil felicidades pra ti e uma ótima semana.

Aline Marques

Cecilia e Helena disse...

Meninas, muito, muito obrigada! Aline, a minha filha tem 9 anos. Muito prazer, volte sempre!
Beijos
Helena