terça-feira, 20 de outubro de 2009

Ainda Portugal - o trapilho

O trapilho ou trapo,  também conhecido por "tec-tec" ou "tirelas", é a sobra do  algodão ou da lycra das lojas de confecção. Com ele podem ser feitas peças de artesanato rústicas e bem bonitas. Só é preciso saber fazer crochê.
Com o trapilho se fazem bolsas, sacolas, tapetinhos ... o que a imaginação inventar. Tomei conhecimento do trapilho na Internet, só que não me lembro em que blog, ou se foi no Flickr. Achei muito interessante. Acho que lá no Goiás (é assim que se fala por lá) usam algo semelhante. Já estava com a ideia de procurar por ele nessa viagem. Quando saí para almoçar, lá no Porto, entrando numa transversal da Rua de Santa Catarina, a Rua de Passos Manuel, dei de cara com:



onde encontrei:


Fiquei entusiasmada e fiz algumas (poucas) aquisições:



Olha só o tamanhão da agulha! Não resisti ao galão com motivos náuticos, mas não sei ainda o que vou fazer com ele. Aliás, nem com os trapilhos; mas encontrei um PAP na web: aqui e aqui, onde se ensina a fazer uma bolsa (ou mala, em português lusitano).
Em tempo: em Portugal não se vai a um armarinho para comprar aviamentos, vai-se a uma retrosaria.
(por Cecilia)

2 comentários:

Elen disse...

O que vai sair de lindo nessa história??!?!

vou ficar esperando

abraços cheirosos

Paula.Ch disse...

Olá, encontrei o seu site enquanto surfava pela net.
tem coisas lindas em patchwork, dá vontade de começar a costurar alguma coisa.
Gostaria de lhe fazer um convite para entrar numa corrente de tecidos, pode ler sobre ela em http://meialua66.blogspot.com/2009/07/corrente-de-tecidos.html
Obrigado e desculpe a "cara de pau" mas tá dificil continuar com a corrente